25/11/2013

Pato no Forno de Cozimento lento






Sempre quis fazer um pato inteiro no forno... e em tempos fiz... ia partindo um dente quando o tentei comer ehehe.
Como não sou de desistir, agarrei me as ideias da fantástica Nigella e arrisquei.
Pato no chinês?? Nunca mais... podemos tê-lo em casa :))

Alterei temperos, que não levava nenhum. E acrescentei um molho a parte, porque se não, ficaria mt seco.
Agora o pato... a pele super estaladiça, e a carne suculenta!! Resultado de 5 horas de calor...!

Ingredientes:

- 1 pato
- sal, pimenta
- tomilho

- gordura do pato
- batatas em cubos com casca
- castanhas congeladas
- couves bruxelas
- sal, pimenta tomilho

- gordura do pato
- alho esmagado
- laranja ( sumo e casca inteira)
- mel ( 1 colher chá)
- caldo knorr carn ( menos de metade
- um gole de vinho do porto
- sal, pimenta
- tomilho
- natas

Preparação:

Primeiro limpar o pato muito bem, retirando as "entranhas" do bicho, e lavando. Secar e colocar numa assadeira, com uma rede por cima. A ideia é a gordura escorrer para baixo e não tocar no pato.
Temperar com bastante sal, pimenta e tomilho, por fora, a volta, e por dentro.
Levar ao forno pré aquecido a 170º, 4 horas. Ao fim de duas horas virar o bicho e escorrer a gordura para uma taça ( vamos aproveita-la para o resto da refeição).
Ao fim das 4 horas aumentar a temperatura para 220º durante mais meia hora. 

Como a receita não trazia acompanhamento, decidi aproveitar uma boa parte da gordura do pato, onde coloquei batatas em primeiro lugar e levei ao forno uma hora bem temperadas. Adicionei depois as castanhas e as couves e levei ao forno mais meia hora. A ideia é ficarem estaladiças por fora e macias por dentro, e resultou.

Para o molho juntei numa frigideira 2 dentes de alho esmagados e a gordura do pato. Fritei ligeiramente e adicionei todos os outros ingredientes excepto as natas. Deixar ferver um pouco e por fim adicionar as natas ( cerca de 150 ml).

Servir o pato com o acompanhamento, rodeado de laranja em fatias, e com o molho a parte... delicia!!

08/11/2013

Mousse de Lima


Esta mousse é daquelas sobremesas de emergência. Super rápida, super fácil e ainda por cima boa!

Ingredientes:

- 4 limas bem sumarentas ( já cheguei a colocar 5 quando estavam mais secas)
- 1 lata de leite condensado
- 2 pacotes de natas

Preparação:

Colocar o sumo das limas junto com o leite condensado e bater até ficar bem misturado.
Levar ao frio uma meia hora.
Acrescentar as natas batendo sempre com a batedeira até estar rijinho e bem misturado.

Colocar numa taça de servir, enfeitar com raspas de lima e levar ao frio.

07/11/2013

Bacalhau com Molho a Espanhola e Batata a Murro no Microondas


E quando apetece muitooo bacalhau assado, e muiiito molho a espanhola ?? Um casamento feliz, podem ter a certeza!!

Ingredientes:

- bacalhau em posta para assar
- batata pequena para assar
- pimentos para assar
- alface

- azeite
- vinagre
- cebola
- salsa
- sal
- pimenta
- colorau

Preparação:

Assar o bacalhau.

Lavar as batatas e picar com um garfo a volta. Colocar num pirex e levar ao microondas cerca de 5 a 6 minutos ( depende do microondas tem que se ir controlando). Quando tiverem assadas dar um murro, temperar com sal fino ( coloco bastante) e regar com o molho a espanhola neste caso.

Assar os pimentos, limpar e colocar em tiras com a salada. Temperar com azeite vinagre e sal.

Para o molho picar cebola finamente, juntar colorau e mexer. Adicionar os restantes ingredientes e rectificar temperos.

Regar tanto o bacalhau como as batatas e deliciar-se!!

29/10/2013

Pernas de Pato no Forno - Nigella Lawson





D E L I C I O S A S!!

Como é possível ter demorado tanto tempo a fazer esta divinal receita da Nigella???
Adoramos pato lá em casa, mas além do magret, o dito acaba sempre em arroz. depois desta experiência fenomenal... já estou a pensar na próxima rodada!!

Pensem numa pele super hiper mega estaladiça.... um interior tão suculento e molhadinho... uma batatas super macias por dentro e estaladiças por fora... não há como não gostar!!

Com os miúdos do pato e as asas fiz um arroz também para acompanhar! Muito bom!

Ahhhh e a melhor parte... simples mais simples não há!! Apenas temos que ter paciencia umas 2 horas, nada mais :)

Ingredientes:

- pernas de pato com coxa ( 1 por pessoa)
- sal 
- pimenta
- tomilho fresco ( bastante)
- um fio de azeite ( acrescentei eu porque não tenho tabuleiros de jeito que possam ir ao lume e ao forno )
- batatas com casca em cubos grandes

Preparação:

Pré aquecer o forno a 200º
Num tabuleiro que também posso ir ao forno, colocar as penas de pato com a pele para baixo e levar ao lume alto para que toste um pouco. 
Assim que ganhar uma corzinha na pele e largar alguma gordura, retirar o tabuleiro do lume e virar as pernas ao contrario. 

Agora... só fiz isto da primeira vez que as fiz. Entretanto coloco sempre as pernas directamente no forno com a pele virada para cima, um fio de azeite, os temperos e sigo a receita por duas horas.... mais prático, menos trabalhoso, e fica tal e qual como se tivéssemos o trabalho de as fritar antes.

Dispor as batatas cortadas, temperar tudo com sal, pimenta e tomilho fresco. 
Regar com um fio de azeite ( opcional) e levar ao forno, mexendo a meio do tempo para que as batatas assem uniformemente. Quanto as pernas não é necessário virá-las.

Ao fim de uma hora, uma hora e pouco se olharmos já tudo parece cozinhado... acreditei na receita e deixei o tempo na sua totalidade... o melhor que fiz!!! 

Para o arroz, cozi os miudos e as asas em agua temperada com sal apenas. A parte fritei uma cebola com um dente de alho e acrescentei o arroz. Juntei a agua, os miudos em pedaços e a carne desfiada e deixei cozinhar até estar macio e malandrino.

18/10/2013

Bacalhau a Brás


Esta receita fica sempre um pouco esquecida cá por casa. Mas agr com tanto bacalhau desfiado no congelador, a imaginação tem que vir ao de cima!
Fiz uma dose reduzida apenas para 2 pessoas, pois este bacalhau é daqueles que requentado... não me agrada muito.

Ingredientes:

- 1 cebola pequena ( 100 gr)
- 1 dente de alho
- 1 folha de louro
- azeite ( 40 gr)
- 150 gr bacalhau cozido e desfiado
- 150 gr de batata palha
- 3 ovos
- leite q.b.
- sal, pimenta
- salsa

Preparação:

Cortar a cebola em 1/4 luas finas, picar o alho grosseiramente e refogar tudo em azeite juntamente com as folhas de louro. Depois de bem refogadinho adicionar o bacalhau e refogar mais um pouco, temperando com algum sal e pimenta.
Adicionar se seguida as batatas envolver bem com a colher de pau e juntar um pouco de leite. Bater os ovos numa taça e adicionar ao tacho juntamente com salsa picada, mexendo sempre, e rectificando temperos. Quando estiver ao seu gosto ( ha quem goste mais ou menos cozidos os ovos...) retirar, polvilhar com salsa picada e servir.

Eu adoro cornichons então acompanho juntamente com alface.

02/09/2013

Bifes Frango a Pizzaiola



Esta é daquelas receitas que sempre me passou ao lado... no livro base da bimby, sem foto, com bifes de frango... não me inspirava! No entanto depois de tantos comentários não resisti!!

Pois bem, parece que estamos a comer pizza!! Uma delicia relativamente rápida.... a repetir sem duvida!!

Ingredientes:

- 200 g de queijo flamengo ( usei mistura com mozzarella)
- 50 gramas de azeite

- 1 cebola 
- 2 dentes de alho 
- 800 gramas de peitos de frango 
- Sal e pimenta q.b. 
- 600 gramas de tomate em pedaços 
- 1 caldo de galinha
- 1 colher de chá de açúcar 
- Orégãos q.b.

- chourição ( acrescentei em pedacinhos por cima do queijo, antes de levar ao forno)



Preparação: ´


Coloque no copo o queijo e programe 5 seg,vel.5. Reservar.

Sem lavar o copo, coloque o azeite, a cebola e os alhos e pique 6 seg,vel5.
Programe 5 min,100º,vel 1.

Coloque na Varoma, os peitos de frango partidos ao meio (abertos em bifes) e tempere com sal e pimenta.
No copo junte o tomate, o caldo, o açúcar.
Coloque a Varoma e programe 25 min,temp. varoma,vel 1. Retire.

Coloque os peitos de de frango num pirex, regue com o molho de tomate e coloque o queijo por cima.
Polvilhe com orégãos e leve ao forno 15min para gratinar. Acrescentei aqui chourição em pedacinhos.
Acompanhei com arroz branco.

12/08/2013

Cheesecake de Doce de Leite com Molho Toffee


Encontrei esta receita deliciosa no blog da Patrícia, Coco e Baunilha. Acabei a adaptar ao nosso gosto ( como sempre) e alterei a cobertura, pois há uns tempos experimentei um molho da Nigella simplesmente delicioso e não lhe resisti!

Fica muito bom bem fresquinho, foi aprovado por todos!!

Ingredientes:

Base:

- 150 gr bolacha maria
- 150 gr bolacha digestive
- 125 gr margarina

Cheesecake:

- 400 gr de queijo creme
- 200 gr de natas
- 1 lata leite condensado cozido
- 4 ovos
- 1 vagem de baunilha ( as sementes)

Cobertura:

- 240 gr de açúcar branco
- 100 gr de agua
- 200 gr de natas

Preparação:

Colocar as bolachas no copo da bimby e triturar 10 segundos, velocidade 7.
Acrescentar a margarina e misturar 10 segundos, velocidade 5.
Forrar uma tarteira de forma amovível e reservar.

Sem lavar o copo colocar os ovos, o leite condensado, o queijo, as natas e as sementes de baunilha, misturando na velocidade 4 até estar tudo bem homogéneo.

Verter sobre a base de bolacha e levar ao forno cerca de 50 minutos a temperatura 180º. 
Deixar arrefecer e colocar no frio durante várias horas ( eu deixei de um dia para o outro).

Para a cobertura levar ao lume o açúcar com a agua em lume baixo e deixar dissolver, Uma vez dissolvido aumentar para lume médio e deixar cerca de 10 a 15 minutos SEM MEXER, até que fique um castanho dourado.
Nesta fase, retirar do lume e juntar as natas pouco a pouco, mexendo bem com uma vara de arames.
Levar tudo ao lume mais 1 ou 2 minutos, mexendo, para que fique bem homogéneo. 
Deixar arrefecer totalmente e levar ao frio umas horas.

Na altura de servir, desenformar e despejar o molho por cima.

18/07/2013

Biscoitos de Batata Doce e Amêndoa


Tinha no congelador ( e ainda tenho....) batata doce assada, em puré, desde o São Martinho.
Fui usando na altura do Natal mas agora parece que estagnou. Antes que se estrague, já comecei novamente a dar-lhe uso.
Uns biscoitos com um sabor bem acentuado a batata doce!

Ingredientes:

- 250 gr batata doce em puré ( pode ser assada ou cozida)
- 200 gr de açúcar branco
- 50 gr de açúcar amarelo
- 60 gr de amêndoa pelada
- 2 gemas
- raspa de 1/2 laranja
- 15 gr margarina
- canela a gosto
- 200 gr de farinha
- 1 colher de chá de fermento

Para polvilhar:
- açúcar amarelo
- canela
- amêndoa laminada

Preparação:

Colocar no copo 60 gr de amêndoa e pulverizar uns segundos na vel 5, 7, 9. Reservar.
Colocar dos no copo os 2 açucares juntamente com a raspa de laranja e pulverizar 15 segundos, vel 9. Acrescentar a batata e misturar 10 segundos, na vel 5, 7.
Adicionar a mistura, a amêndoa  a margarina, as 2 gemas e canela a gosto, e programar 20 segundos, vel 5, seguido de 5 min, temp varoma, vel 3.
Quando terminar acrescentar a farinha e o fermento e envolver bem na vel 5, cerca de 30 segundos.

Deixar a massa arrefecer.

Moldar bolas pequenas ( 20 gr) e achata-las. Polvilhar com uma mistura de açúcar amarelo e canela, e amêndoa a gosto ( eu não coloquei a amêndoa em todas).

Levar ao forno a 180 até começarem a dourar, entre 15 a 20 minutos.

12/07/2013

Donutíssima, Tarte de Donuts



Desde que vi esta maravilha num blog espanhol, o Pasen y Degusten, que não descansei enquanto não o fiz.
Na verdade adoro donuts mas raramente os como, e acreditem, foi difícil compra-los e não os comer até fazer a tarte :)

Reduzi o recheio para 2/3 e acho que ficou óptimo, mantendo a base e a cobertura, e acrescentei um pouquinho apenas de mais açúcar pois li algures que não era muito doce e eu sou super gulosa eheh.

Coloco a receita com as minhas modificações, se quiserem a original basta irem ao blog de onde a retirei.

Não esquecer... uma tarte para amantes de donuts :)

Ingredientes:

Base:

- 3 donuts
- 2 queques embalados ou madalenas

Creme:

- 4 donuts
- 350 gr de nata
- 170 gr leite
- 100 gr de açúcar
- 170 gr queijo philadelphia
- 1 pacote e 1/2 de cuajada ( estou tentada a reduzir um pouquinho o leite ou as natas ( cerca de 50 gr no total) e usar apenas 1 pacote para a próxima, pois solidificou muitooo bem mesmo

Crumble:

- 1 donut
-50 gr bolachas digestive ( 3 e 1/2)
- 25 gr açúcar amarelo
- 25 gr de amêndoas
- 30 gr margarina
- canela em pó ( coloquei talvez 1/2 colher de café)

Preparação:

Começar por fazer a base colocando os ingredientes na bimby, dando 3 toques de turbo e depois 5 segundos na vel 7. Forrar uma tarteira de fundo amovível.

Para o creme colocar os donuts na bimby e picar cerca de 10 segundos na vel 5, 7, 9.
Acrescentar os restantes ingredientes e programar 8 minutos, temp 90, vel 3 1/2.
Despejar por cima da base e deixar arrefecer por completo.

Para o crumble colocar todos os ingredientes no copo e dar unn 2 ou 3 tiques de turbo seguido de 5 segundos na vel 5, para que fique tipo areia grossa.

Colocar por cima do creme e levar a tarte ao frio umas quantas horas até estar bem fresca, antes de servir.

PS: Na altura de servir, houve quem quisesse polvilhar com canela e ficou uma delicia!

27/06/2013

Ovos mexidos com Espargos


Isto nem é receita, é verdade... mas merecem destaque pois é um pitéu daqueles!! Eu gosto muito de espargos... tento sempre dar-lhes algum destaque e aqui, eles são os reis :)

Esqueci-me do chouriço... que falha... ficou mais light :D

Ingredientes:

- ovos ( com um pouco de leite)
- espargos
- cebola e meias luas
- alho picado
- sal
- pimenta

Preparação:

Fritar em azeite e alho picados os espargos frescos e cebola em rodelas, sem deixar tudo amolecer muito. Temperar com sal e pimenta e quando estiverem a gosto adicionar os ovos batidos com um pedaços de leite e deixar cozinhar. 

Servir com tostinhas e uma salada de alface, ou simplesmente petiscar com uma cerveja :)

PS: costumo fazer com chouriço, se tiver acrescente um em rodelas e frite também, sabe muito bem!

24/06/2013

Bolo gelado da Nigella


Ao ver um programa " Nigelissima" fiquei com esta receita debaixo de olho. Na primeira oportunidade fiz. osso dizer que já é uma das mais pedidas do Verão!!
A foto não faz jus ao sabor... mas foi o que se arranjou ehehe :)

Ingredientes:

- 2 pacotes de natas, 400 gr
- 2 colheres de sopa rasas de açúcar baunilhado ( caseiro, se for de compra poderá ser mais forte, reduzir)
- 100 gr chocolate negro
- 130 a 150 gr suspiros
- 1 gole de moscatel ( n tinha rum)

Molho chocolate:

- 200 gr de natas
- 100 gr chocolate

Preparação:

Bater as natas até estarem firmes, juntar o açúcar baunilhado e bater mais um pouco. Juntar o moscatel e voltar a envolver.
partir o chocolate em lascas numa tábua, com a ajuda de uma faca grande e juntar a mistura das natas, envolvendo bem.

partir o suspiro grosseiramente ( fiz suspiro caseiro) e envolver bem a mistura.

Forrar uma forma rectangular com película aderente, despejar o gelado, alisar e levar congelador.

Desenformar e servir com morangos ( ou framboesas) e molho de chocolate.

22/06/2013

Favas Suadas com Coentros com Pescada Frita



Isto é mais uma típica comida de sábado ao almoço, em época de favas frescas!! Não há nada que dê mais prazer ao sábado que ir a praça, trazer um peixe fresquinho, umas favas, tratar de tudo na hora e almoçar descansadamente... delicia!!

Ingredientes:

- pescada fresca para fritar
- farinha
- um pacotinho de colorante alimentar ( não é essencial, mas não tinha farinha de milho em casa e gosto do peixe amarelinho)
- sal
- óleo para fritar

- favas frescas
- alho picadinho ( bastante)
- sal ( bastante)
- azeite
- coentros ( muitos)

Preparação:

Temperar a pescada com sal, passar pela farinha misturada com o corante e fritar em óleo bem quente até estar bem estaladiça por fora e super tenra por dentro.

Enquanto isso, levar um tacho ao lume com tampa e fritar ligeiramente o alho em azeite sem deixar ganhar cor. Adicionar as favas, sal, e colocar a tampar. 
Deixar suar cerca de 15minutos, agitando o tacho ocasionalmente. 
Findo esse tempo verificar de estão tenras ( no meu caso estavam) e acrescentar um bom molho de coentros picados. 

Envolver e servir com o peixe frito.

20/06/2013

Salada de Favas e Ovo


Bem acho que já referi mas repito que adoro favas. Um dia destes mais quente, apetecia-me uma salada ao almoço... mas tinha acabado de comprar favas e é como um vicio... comprar, descascar e comer... td na hora ehehe.

Pesquisei na blogosfera e vi que é bastante comum usarem favas para salada, então fiz uma ao meu gosto bem simples.... excepto que cai na loucura de lhes retirar a casca interior!!! Sim sim, descasquei as favas 2 vezes.... muitooooooo trabalho, algo que não sei se volto a ter paciência ehehe.

Ficam mais bonitas, são fáceis de comer, mas acho que o sabor fica diferente, menos acentuado a fava! Pode ser mania minha, ja que tenho que ter desculpas para não voltar a descascar 2 vezes.......

Ingredientes:

- 300 gr de favas descascadas 2 vezes ( 1º tinham cerca de 1,5, dps 500 gr e retirando e ficaram reduzidas a isto)
- 3 ovos
- coentros
- !/2 cebola em meias luas finas
- 2 dentes de alho
- sal
- pimenta
- azeite e vinagre

Preparação:

Descascar as favas. Descascar as favas outra vez. eheh :)

Levar ao lume um tacho com agua e quando levantar fervura adicionar as favas. Esperar novamente que levante fervura e deixar no máximo por 5 minutos. Retirar, escorrer e reservar.

Num outra tacho levar os ovos a cozer em agua abundante. Descascar e cortar em pedaços.

Num taça misturar as favas, os ovos, o alho picado, a cebola, os coentros picadinhos, sal, pimenta, azeite e vinagre.

Envolver e saborear :)

17/06/2013

Guinness Cake - Nigella -



Este bolo é.... DELICIOSO!! É tão bom que fiz dois ehehehe
Um bolo diferente de qualquer um que já provei, não tem maneira de comparar!!
É um bolo denso, com um sabor que eu desconhecia!
Sucesso garantido, ou não fosse receita da Nigella :) 
Encontrei no blog da Cris Hanna
Na velocidad Cuchara também tem, e os pesos dos ingredientes mudam um pouco!

Ingredientes:


Para a base:
- 310 gr de Guinness
- 250 gr de manteiga sem sal ( respeito tudinho)
- 80 g de cacau em pó
- 400 g de açúcar
- 150 g de nata
- 2 ovos
- 1 colher de chá de açúcar baunilhado ( eu uso vagem de baunilha)
- 250 g de farinha
- 2 colheres de chá de fermento
- 1 colher de chá cheia de bicarbonato de sódio

Para a cobertura: 

- 300g de queijo philadelphia ( uso msm da marca)
- 150g de açúcar em pó
- 200 g de natas geladas para bater

Preparação: 



Pré-aqueça o forno a 180 graus.
Coloque o açúcar destinado para a cobertura no copo durante 15 segundos na velocidade máxima e  reserve
Para a base coloque no copo o cacau, a farinha, fermento, açúcar e bicarbonato de sódio, e misture 15 segundos na velocidade 6. ( eu coloco tudo numa taça e envolvo, nem me dou ao trabalho de peneirar). Reserve.
Coloque a cerveja no copo e programe 5 minutos, temperatura de 70 graus e velocidade 1. Adicione a manteiga e programe 2 minutos na mesma velocidade.. Reserve num outro recipiente.
Coloque a borboleta e adicione as natas, ovos e o açúcar baunilhado, e programe 3 minutos na velocidade 3 1/2, acrescentando no final, a mistura reservada da cerveja e manteiga. Adicione a farinha de misture tudo, sem retirar a borboleta por 5 segundos na velocidade 2, se necessário envolver com a espátula. Deite o preparado numa forma previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha. Coloque no forno durante 30 a 45 minutos (teste do palito). Desenforme somente quando o bolo tiver arrefecido. ( uma das vezes esqueci-me e o bolo não ficou propriamente inteiro!!)
Para a cobertura: 

Pulverize o açúcar na vel 9 para que fique em pó e reserve.
Coloque a borboleta e bata as natas durante 20 seg vel 3 ½.  
Deite o açúcar em pó e o queijo e programe mais 20 seg vel 3 ½. Se necessário envolver melhor fora do copo, com movimentos suaves. Cubra o bolo com este creme e leva-se ao frigorífico pelo menos um hora.
Serve-se frio, bem frio...

29/05/2013

Cuzcuz com Ervilhas e Tomate Seco


Antes demais, quero dizer que agradeço imenso todos os comentários, feedbacks, e por norma tento retribuir. Nesta fase está muito difícil devido ao campo profissional, mas a partir de Junho a coisa melhora! Vou vendo os vossos cantinhos por alto, porque não resisto, mas peço desculpa por não conseguir retribuir o vosso carinho! Está quase tudo a voltar ao normal ;)

Esta foi a segunda experiência com cuzcuz... mais uma delicia aprovada!!

Ingredientes:

- 110 gr de cuzcuz
- 170 gr de agua
- 1/2 caldo knorr de galinha
- 50 gr de cebola ( 1/2 pequena)
- 2 dentes de alho
- 2 colheres de sopa de azeite
- 2 colheres de sopa de agua
- sal
- 1 lata de ervilhas ( 250 gr escorridas)
- tomate seco ( cerca de 40 gr não escorrido)

Preparação:

Numa tacho leve a agua com o caldo de galinha a aquecer até ferver. Despeja por cima dos cuzcuz e reserve.

Nesse mesmo tacho leve a cebola picadinha com os dentes de alho a refogar no azeite com as colheres de agua.
Acrescente as ervilhas bem escorridas e tempere de sal. Depois de salteado despejar por coma dos cuzcuz ( entretanto separados com um garfo) e envolver bem.
Cortar o tomate seco em pedaços, não escorrendo o azeite ( gosto do gostinho que deixa) e envolver com os cuzcuz.

Servir com carne ( não me parece que ervilhas combinem com peixe).

Neste caso foi com um bife grelhado, temperado com sal e alho em pó.

19/05/2013

Salada de Camarão e Papaia


Ora... papaia é uma das minhas intermináveis sagas. Não gosto, nunca gostei, mas todos os anos, insisto em comprar uma e provar. Este ano soube-me muitooo bem, pela combinação. Tradicionalmente servido em casamentos, o famoso cocktail de camarão com papaia... esta combinação fica perfeita a meu ver!
Tive que lhe acrescentar massa, para dar mais consistência ao almoço. 
Comi tudinhooo, mas continuo a não gostar de papaia... não simples, venham as saladas :)

Ingredientes:

- massa
- alface
- camarão cozido
- papaia
- molho cocktail

Preparação:

Cozer massa al dente. Escorrer, deixar arrefecer e reservar.
Cortar uma papaia madura em pedaços, descascar os camarões e cortar folhas de alface.

Preparar o molho, juntando maionaise, ketchup, mostarda, vinho do porto e sal.

Dispor tudo num prato, regar com molho e saborear :)

29/04/2013

Favas com Entrecosto e Chouriço


ADOROOOO favas :) eheh, pena que frescas existem durante pouco tempo!! Gosto delas sem olho preto está claro... portanto assim que aparecem é a saga de cozinha-las de todas as maneiras :)

Este é o prato mais tradicional acho, pelo menos é o que como mais vezes.

Tudo feito a olho... e acrescenta se os chouriços que se tiver... desta vez foi apenas o de carne.
Tem uma particularidade que eu adoro... numa revista do chef Antonio Silva, há uma receita de favas ( ou ervilhas) em que ele no final frita a parte chouriços e bacon em azeite e despeja por cima das favas... e eu adorooooooooo! :)

Ingredientes:

- favas frescas ( 600 gr descascadas)
- 1/2 chouriço de carne de boa qualidade
- bacon
- entrecosto
- rojões
- coentros
- 1 cebola
- 2 dentes de alho
- azeite
- polpa de tomate ( umas 3 colheres de sopa)
- massa de pimentão ( apenas uma colherzinha de sobremesa)
- colorau
- sal
- pimenta
- louro
- vinho branco

Para fritar....
- azeite
- chouriço
- bacon

Preparação:

Picar a cebola e os alhos e refogar em azeite.
Acrescentar o chouriço em rodelas e as carnes e deixar fritar.
Adicionar a polpa de tomate, a massa de pimentão, sal, pimenta, colorau, louro e vinho branco e deixar cozinhar cerca de meia hora.

De seguida acrescentar as favas e um pouco de agua. Envolver rectificar temperos e deixar cozinhar por 15 minutos ( estas eram bem tenrinhas).

No final deitar um bom molho de coentros picados e envolver. Reservar.

Numa frigideira fritar em azeite o chouriço e o bacon. Despejar dps o azeite para dentro das favas e servir tudo.

Uma deliciiiiiiiiiiiiiiia! Adoro!

19/04/2013

Cobbler de Nêsperas



Adoro a fruta de Verão... mesmo! Muito mais sabor, mt mais cor! 
Acontece que quando se compra de inicio elas nem sempre vêm docinhas como era de esperar.... e estas minhas vieram amargas, mas tão amargas que não se comeu uma única .. foi apenas um pedacinho ao experimentar.
Já a ver o destino das ditas... fiz uma breve pesquisa pela blogosfera  dei com esta receita. Tive que alterar umas coisas, primeiro porque precisava de mais açúcar para a minha fruta amarga e depois porque as quantidades não me parecem completamente claras. E entretanto vieram as alterações que acabo por fazer sempre :D

Posso dizer que é algo que tenciono repetir sempre que tiver fruta a estragar! A par com os crumbles, é mais uma receita super pratica em que se adapta o açúcar a fruta que temos, e que se torna uma sobremesa muito saborosa!!

Ingredientes:

Para o cobbler

- 1 kg nêsperas inteiras ( rendeu-me cerca de 600 gr descascadas)
- 6 colheres de sopa de açúcar 
- sumo de 1/2 limão
- 1 colher de sopa de farinha

Para a cobertura

- 170 gr de farinha ( 1 chávena de chá)
- 1 colher de sopa de açúcar
- 1/2 colher de sopa de açúcar amarelo
- 1 colher de café de bicarbonato de sódio
- 1 colher de café de fermento
- 300 gr leite com 1 colher de sopa de sumo de limão ( 1 chávena de chá)
- 50 g de margarina

- 1 colher de sopa de açúcar para polvilhar
- 1 mão cheia de amêndoa laminada para polvilhar

Preparação:

Descascar as nêsperas e cortar em 4 partes. Dispor num pirex juntamente com o açúcar  o sumo de limão e a farinha- Envolver e deixar repousar cerca de 30 minutos, envolvendo novamente a meio do tempo.

Colocar o leite numa chávena juntamente com o sumo de limão. Reservar.
Numa taça misturar a farinha, os açucares, o bicarbonato, o fermento e a margarina em pedacinhos.
Acrescentar depois a chávena de leite e envolver novamente.

Despejar por cima das nêsperas, no pirex, polvilhar com a colher de açúcar e com amêndoas laminadas.

Levar ao forno a 180º cerca de 30 minutos.

Servir morno com uma bola de gelado, ou mesmo frio.

Aqui desapareceu rápido... :)

PS: Andei a ler e parece ser suposto a massa de cima do cobbler ficar mais rijinha em cru, a minha ficou liquida com a receita que vi na net.. !/2 chav de farinha para 1/2 chav de leite. Respeitei a proporção e não obtive nd de rijo, pelo contrario! Mas garanto que estava muiiiito bom :)  Se alguém ja tiver feito e se quiser pronunciar.... :D

16/04/2013

Polvo com Broa e Presunto





Isto foi uma feliz ideia!! Broa... e polvo!! Que maravilha!! Posso dizer que na semana seguinte fiz bacalhau com broa que tanto gostamos... e não me soube tão bem quanto este polvo!! Fiquei encantada :)
Vai ter bis com toda a certeza!!

Ingredientes:

- 1 polvo médio ( 1 cebola, louro, agua e sal)
- 350 gr de cebola ( 1 grande e 1 media)
- 4 dentes de alho
- 100 gr de azeite
- sal, pimenta
- colorau
- 1 molho de grelos frescos ( faz toda a diferença dos congelados)
- 4 dentes de alho
- 50 gr de azeite
- sal, pimenta
- broa de milho pequena ( 370 gr)
- presunto ( 120 gr)
- 20 gr azeite
- batatas a murro

Preparação:

Cozer o polvo na panela com agua, sal, louro e uma cebola. Cortar em pedaços e reservar.

Cozer os grelos na varoma, colocando 1 litro de agua com sal e programando 40 minutos, temp varoma vel 1. Reservar.

No copo colocar 350 cebola em meias lulas finas e 4 dentes de alho fatiados. Juntar 100 gr de azeite, sal, pimenta e colorau e refogar 10 min, temp 100 vel 1.

Acrescentar o polvo em pedaços ( gr) e saltear 3 min, temp 100, vel colher inversa. Colocar no fundo de um pirex.

Adicionar 4 dentes de alho picadinhos, 50 gr de azeite e refogar 3 min, temp varoma vel 1. Acrescentar os grelos, sal e pimenta e refogar mais 5 min, temp 100 vel colher inversa. Aqui fui envolvendo tb com a espátula pois ainda eram bastantes. Colocar por cima do polvo, no pirex.

Sem lavar o copo colocar a broa ( 370gr), o presunto ( 120 gr) e 20 gr de azeite e picar vel 5, 7, 9.

Despejar por cima do polvo, regar com azeite e levar ao forno a 200 cerca de 45 minutos.

Acompanhar com batata a murro ( que eu fiz no microondas por ser muito mais rápido), ou comer assim simples, pois enche na mesma :D

15/04/2013

Tarte de Beringela, Pesto e Tomate



Gosto muito de beringelas, embora as compre poucas vezes.
Um dia destes comprei 2 para fritar, mas acabei por fazê lo apenas com uma ( maravilhoso diga se passagem). 
Decidi fazer uma tarte parecida com algo que já tinha feito, mas sem beringela.

Posso dizer que para quem gosta de pesto, é muito boa!! O sabor de tudo o resto é muito suave em relação ao pesto, fica uma delicia!
Esta serviu para uma refeição leve, acompanhada de uma salada de alface!

Ingredientes:

- 1 rolo massa quebrada
- 1 tomate 
- 1 beringela
- tomate seco
- cogumelos chineses
- pesto
- queijo flamengo
- parmesão
- azeite
- alho em pó

Preparação:

Forrar uma tarteira ( eu forrei uma grande de pizza) com a massa quebrada e levar ao forno a 200 cerca de 10 minutos.
Enquanto isto cortar o tomate em meias luas finas, o tomate seco em pedaços, hidratar e cortar os cogumelos e cortar a beringela em fatias finas também. Colocar a ultima de molho com agua e sal cerca de 5 minutos. Escorrer e reservar.

Barrar a massa com presto, dispor as fatias de beringela, o tomate, em metade da pizza tomate seco e na outra metade os cogumelos. Polvilhar com alho em pó e levar ao forno a 180º 25 minutos.
Retirar e polvilhar com os queijos ( eu gosto de bastante) e regar com um fio de azeite.
Levar ao forno a 180º por mais 15 minutos.

Servir com uma salada verde!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...